Entenda as contribuições previdenciárias de pessoas jurídicas

entenda-as-contribuições-previdenciárias-de-pessoas-jurídicas

Quais são as contribuições previdenciárias para pessoas jurídicas? Você conhece suas principais diferenças?

O profissional de contabilidade é responsável por orientar o empreendedor com relação às mudanças na legislação que afetam as suas contribuições e benefícios previstos no regulamento da previdência social.

Sendo assim, que tal saber mais sobre este assunto? Confira!

O que são as contribuições previdenciárias?

As contribuições previdenciárias integram as contribuições sociais, pagas pela empresa e pelo empregado diretamente ao Governo Federal.

As contribuições previdenciárias tem como principal objetivo, proporcionar garantia para o pagamento dos benefícios previdenciários de aposentadoria, por exemplo.

Desta maneira, o seu desconto é feito na folha de pagamento do empregado, fazendo referência ao INSS (Instituto Nacional de Seguro Social).

Ou seja, a contribuição previdenciária é um tributo obrigatório tanto para as empresas quanto para os empregados.

Como são calculadas as contribuições previdenciárias para pessoas jurídicas?

O recolhimento das contribuições previdenciárias,para a maioria das empresas será feito de acordo da seguinte forma:

  • Percentual de 20% sobre a remuneração do trabalhador, para as empresas não optantes pelo Simples Nacional;
  • Desconto de 8% a 11% na folha de pagamento do salário do empregado de acordo com a faixa salarial;
  • Desconto de 11% sobre a remuneração dos sócios administradores de qualquer empresa;

Como planejar o seu pagamento?

Existem alguns passos básicos que podem ajudar o empreendedor a planejar o pagamento da contribuição previdenciária.

Desta forma, e importante sempre contar com um contador especializado, que possa te orientar sobre os seguintes processos:

Retirar o CNPJ: Por meio do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, é possível identificar quais são as atividades realizadas pela empresa e qual a sua classificação no FPAS (Fundo de Previdência e Assistência Social).

Emitir o código FPAS: Permite compreender a alíquota correta de contribuição previdenciária.

Contribuição Previdenciária e o regime tributário: Essa definição influencia sobremaneira o pagamento da contribuição.

Atividade principal: Estabelece os respectivos riscos da atividade empresarial e seus impactos na contribuição previdenciária.

Portanto, a partir deste artigo, é possível perceber que as contribuições previdenciárias que é um tributo obrigatório são calculadas de acordo com a faixa salarial do trabalhador, o regime tributário e a atividade desenvolvida pela empresa.

Sendo assim, é preciso que o empreendedor tenha a assessoria de um Contador para auxiliá-lo no melhor planejamento para definição do melhor modelo tributário para as contribuições previdenciárias.

Entre em contato com a equipe do E-contador legal e solicite uma proposta.

Gostou deste artigo? Aproveite para ler “Emissão e renovação de licenciamento sanitário.” disponível no nosso Blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *