Simples nacional para médicos: entenda como funciona

simples-nacional-para-medicos

O Simples Nacional para médicos, em 2018 passou por algumas mudanças em suas regras, alíquotas e anexos. O que influencia diretamente o desenvolvimento de algumas atividades no decorrer do ano de 2019.

E, diante destas mudanças, algumas dúvidas sobre qual o melhor regime a adotar, deixaram muitos profissionais perdidos. 

Embora este questionamento seja alarmante, os médicos ainda podem optar pelos regimes Simples Nacional, tanto por espontaneidade como também com base nos principais dados de seu empreendimento. 

Pensando nisso, reunimos as informações mais relevantes sobre o Simples Nacional para médicos. Vale a pena conferir!

Simples Nacional para médicos- O que?

O Simples Nacional é conhecido como um regime tributário simplificado, uma vez que reúne em uma única guia todos os impostos federais, estaduais e municipais.

Desta forma, ele atende todas as necessidades da grande maioria das clínicas médicas do país. 

Devido à sua simplicidade e praticidade no recolhimento dos tributos mensalmente, ele se apresenta como um dos regimes mais populares.

A sua alíquota inicial pode variar entre 4% a 33%. Tal variação irá depender do faturamento mensal de uma clínica médica e de seu setor de atividade. 

Desde a mudança feita em 2018, para que um médico pertença a este modelo, é preciso possuir renda bruta de no máximo 4,8 milhões anual. E, caso atinja este limite, tanto a clínica médica quanto o consultório devem se enquadrar de forma automática em outro regime existente.

Sendo assim, vale a pena lembrar que o Simples Nacional foi criado a fim de facilitar o recolhimento de tributos dos pequenos empreendedores. No intuito de minimizar os processos burocráticos e diminuir a sonegação fiscal.

Perigos do Simples Nacional para Médicos em 2019

Quer saber quais são os perigos que cercavam o Simples Nacional para médicos? Continue por aqui.

Entenda o anexo V do Simples Nacional para médicos 

O regime Simples Nacional, apesar de simplificar o recolhimento de impostos, também apresenta alguns perigo. Desta forma, é preciso estar atento aos anexos e alíquotas do regime.

Como, por exemplo, o anexo V. A sua alíquota inicial é de 15,5%. Contudo, pode chegar a 30,5%, superando, muitas vezes, as alíquotas cobradas no Regime Presumido e Lucro Real.

Os serviços da área veterinária podem se enquadrar no artigo V e, por esta razão, é preciso uma profunda analise, verificando se realmente a adoção do Simples Nacional é sua melhor escolha. 

O que é Fator R?

Conhecido como fator R, o cálculo é responsável por saber se uma empresa se enquadra no anexo III ou o V de acordo com o faturamento mensal.

Desta forma, algumas empresas acabam por não possuir um enquadramento fixo e sim variante mediante as suas despesas mensais com a folha de pagamento. 

Em suma, em atividades como prestação de serviços e algumas atividades médicas, é necessário fazer o cálculo de forma mensal de suas despesas, referente aos últimos 12 meses de sua folha de pagamento e, caso a soma seja maior que 28% de seu faturamento bruto, a empresa poderá ser beneficiada pelo artigo III, tendo a sua alíquota a ser cobrada a partir de 4%. 

Caso o seu índice seja inferior ela será enquadrada no artigo V, aumentando assim sua alíquota para 15,5%. 

Impostos sobre o faturamento bruto

Outro grande desafio dos empreendedores é realizar o pagamento de seus impostos, mesmo quando o seu lucro ainda não é alto. 

E isso também acontece dentro do Simples Nacional para médicos. A incidência de seus impostos dependerá da carga tributária que recai sobre o faturamento da empresa dentre de um determinado período.

Entretanto, isso não acontece quando a empresa é optante do regime tributário Lucro Real, que possui sua base de cálculo por meio de seu lucro líquido. 

Quais são as principais vantagens do Simples Nacional 

Acima apresentamos algumas desvantagens do Simples Nacional para médicos, que podem acabar ocasionando uma certa desmotivação dos profissionais da área da saúde. 

Contudo, ele também apresenta vantagens. Veja a seguir: 

Praticidade no cálculo e recolhimento 

Uma das principais vantagens da redução deste regime é a praticidade de fazer o cálculo dos impostos bem como o seu recolhimento. 

Praticamente, o cálculo é feito de forma automática dentro do site do Simples Nacional, ao contrário dos outros modelos de regimes. 

Unificação dos Impostos 

Como foi possível perceber ao longo deste texto, o cálculo de impostos não é uma tarefa simples quanto fazer o cálculo de oito tipos de tributos separadamente e com máxima precisão. 

Com isso, o simples nacional acaba com essa burocracia e consegue resolver tudo através da unificação dos impostos federais, estaduais e municipais.

Ele faz o seu recolhimento através de uma única guia. Veja a seguir quais são o imposto cobrados pelo Simples:

  • Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ);
  • A contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL);
  • Contribuição para o PIS/Pasep;
  • Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins);
  • Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI);
  • Contribuição Patronal Previdenciária (CPP);
  • Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS)
  • Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS).

Dispensa do INSS 

Além deste modelo de regime unificar a declaração e unificação de todos os impostos, o Simples Nacional para médicos também auxilia no processo de isenção do acréscimo de impostos de 20% que incide sobre a folha de pagamento de uma clínica ou consultório médico.

O que significa que todo médico optante deste regime está dispensado da cobrança deste tributo, não precisando assim se preocupar com a quantidade de funcionários contratados ou os respectivos impostos que eles poderão gerar. 

Possui dúvidas sobre o Simples Nacional para médicos?

Você acabou de ler este artigo e ainda possui dúvidas sobre o Simples Nacional para médicos

Diante de tais dúvidas, que tal contar com a ajuda de um profissional da área de contábil que possa orientar sobre os seus futuros passo como também identificar o regime tributário ideal para o seu negócio?

Entre em contato agora mesmo com a nossa equipe! Nossos profissionais estão prontos para te ajudar em todos os processos fiscais e contábeis. 

Gostou deste artigo? Aproveite para acompanhar o nosso blog e compartilhar em suas redes sociais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *