Precificação de serviços médicos: entenda como fazer e a importância para a gestão financeira

Um dos maiores desafios na gestão de uma clínica ou consultório médico é o processo de precificação de serviços médicos. Isso porque, não estamos falando de uma das tarefas mais fáceis na gestão empresarial.

Sendo assim, muitos profissionais acabam errando no processo de precificação, por não entenderem quais são os fatores que devem ser levados em consideração.

Um dos principais erros é considerar somente o preço praticado pela concorrência. Neste momento, um negócio pode acabar cobrando um preço abaixo do mercado ou alto demais, o que inviabiliza a obtenção de resultados positivos.

Deste modo, na precificação de serviços médicos, é necessário levar uma série de outros fatores em consideração. Além do preço dos seus concorrentes, existem alguns detalhes que influenciam diretamente no preço de venda.

Que tal compreender de uma vez por todas como fazer a precificação de serviços médicos e qual a sua importância na gestão financeira? Continue acompanhando este conteúdo e tire todas as suas dúvidas sobre o tema!

Aproveite para ler sobre o seguinte assunto: CLT, PJ ou autônomo: o que é mais vantajoso para os médicos?

O que é a precificação de serviços médicos?

O processo de precificação diz respeito à definição de um preço de venda dos produtos e serviços de uma empresa.

Estamos nos referindo a uma das principais atividades na gestão de uma clínica ou consultório médico, capaz de influenciar diretamente nos resultados obtidos no final de um mês.

A precificação de serviços médicos é uma das principais estratégias de um negócio, uma vez que ela é a responsável não somente por cobrir todos os gastos envolvidos na produção, como também na geração de lucro.

Ou seja, a definição do preço de venda de um serviço deve, em primeiro lugar, ser suficiente para bancar todos os custos de uma clínica ou consultório. Caso contrário, será quase impossível se manter no mercado.

Desta maneira, por meio de uma maior assertividade no processo de precificação de serviços médicos, se torna possível garantir a saúde financeira de um negócio e, assim, começar a obter uma maior lucratividade.

Confira a seguir quais são os principais benefícios por trás da definição do preço de venda dos seus serviços médicos!

Qual é a importância da precificação de serviços médicos?

A forma com a qual um profissional define a precificação de serviços médicos possui a capacidade de determinar o sucesso do seu negócio.

Isso porque, definir o preço de venda com eficiência permite que uma clínica ou consultório médico se mantenha financeiramente saudável no mercado. O que é fundamental para alavancar as suas operações.

Apenas estipular a precificação de serviços médicos ou se basear no preço praticado pela concorrência pode gerar uma série de problemas para um negócio. Fato que pode levá-lo, inclusive, ao processo de falência.

Sendo assim, confira a seguir quais são os principais objetivos que o seu negócio pode alcançar por meio do processo de precificação:

  • Atender as necessidades do seu cliente;
  • Melhorar a obtenção de resultados;
  • Enfrentar os seus concorrentes;
  • Fidelizar o seu cliente;
  • Se manter em dia com as suas obrigações.

No entanto, mesmo compreendendo que a precificação de serviços médicos pode gerar uma série de benefícios, muitos profissionais acabam ficando em dúvida no momento de definir este processo.

A seguir, confira um passo a passo para definir o preço dos serviços da sua clínica ou consultório médico com exatidão. Saiba mais!

Leia também o nosso conteúdo sobre o assunto: Médicos podem abrir uma empresa em endereço residencial?

Como ser assertivo na precificação de serviços médicos?

Você já pode compreender que a precificação de serviços médicos é um dos maiores desafios encontrados na gestão empresarial.

Afinal de contas, ao errar no processo de definição do preço de venda, uma clínica ou consultório médico pode acabar encontrando uma série de problemas financeiros, que podem inviabilizar a sua manutenção no mercado.

Sendo assim, acompanhe a seguir um passo a passo para garantir uma maior eficiência na precificação de serviços:

  • Defina o perfil do seu cliente;
  • Entenda as necessidades do seu cliente;
  • Defina qual é o custo da hora da sua mão de obra;
  • Saiba quais são os seus custos fixos e os variáveis;
  • Defina a sua margem de lucro;
  • Faça um estudo da sua concorrência;
  • Defina um modelo de precificação;
  • Utilize o markup e a margem de contribuição.

Até aqui, você aprendeu que os custos e despesas devem ser levados em consideração na hora de precificar o seu serviço, porém mais importante ainda é definir o perfil do seu cliente, itens como poder de aquisição do cliente, região onde serão feito os atendimentos, como serão as consultas em relação ao tempo e preço delas, se o perfil do seu cliente é mais exigente, no quesito conforto do ambiente onde ele será atendido, são cruciais para não errar na hora de definir o seu preço.

Dependendo da região, um preço baixo demais pode ser visto pelo seu potencial cliente como um serviço de baixa qualidade, assim como em outras regiões um preço muito alto pode acabar afastando todos seus possíveis clientes, portanto tudo isso deve ser levado em consideração. 

Uma das melhores formas de acertar na definição da precificação de serviços médicos é contar com o apoio de um serviço especializado. Assim, você terá o suporte de profissionais com vasta experiência no assunto!

Neste momento, nada melhor do que ter à disposição da sua clínica ou consultório o apoio especializado do E-contador Legal! Somos a solução digital para os seus serviços de contabilidade!

Somos especializados no atendimento às empresas e profissionais da área da saúde! Portanto, aproveite para entrar em contato conosco e, assim, descobrir como as nossas soluções podem ajudar você e a sua empresa!

O que você achou do artigo que acabou de ler? Caso queira continuar acompanhando o nosso conteúdo, não se esqueça de seguir as nossas redes sociais e acessar o nosso blog! Leia também: Profissional liberal: como lidar com a contabilidade de um jeito fácil?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *