Qual a diferença entre consultório, clínica e centro médico?

diferenca-entre-consultorio,-clinica-e-centro-medico

Se você acabou de concluir a graduação em medicina, ou se finalizou a residência, especialização ou mestrado, você deve estar se perguntando qual o seu próximo passo na carreira. Uma das principais opções apresentadas a você aqui vai ser abrir o seu próprio negócio, seja ele uma clínica, consultório ou centro médico.

Mas qual é a diferença entre esses três tipos de estabelecimento de saúde? Sabemos que eles são frequentemente confundidos e utilizados como sinônimos um do outro quando, na verdade, existem diferenças importantes entre cada um deles.

Se você quer saber a diferença entre consultório, clínica e centro médico, quais as especificidades de cada um, e qual a melhor opção para o negócio que você quer, este artigo irá instruir você sobre isso!

Leia mais: Médico como pessoa jurídica: Como fazer parte do corpo clínico de hospitais.

O que é um consultório médico?

Começando pelo consultório, este é o tipo de estrutura mais simples dos estabelecimentos médicos. Em um consultório, o profissional da saúde pode realizar consultas, emitir receitas, solicitar e realizar exames, e encaminhar pacientes para outros núcleos médicos.

O foco de um consultório é o atendimento, não o procedimento. A estrutura desse tipo de instituição costuma ser uma sala de espera com recepcionista, e outras salas individuais de atendimento para que cada médico e paciente tenham privacidade. Alguns consultórios podem ter equipamentos para realizar alguns tipos de exame e testagem.

Apesar dessas limitações, o consultório tem uma grande vantagem que é não precisar de CNPJ! Isso mesmo, um médico não precisa ser Pessoa Jurídica para abrir o próprio consultório, basta usar o próprio CPF, o código do CRM e o laudo de liberação do imóvel com a Vigilância Sanitária. Em seguida, antes de iniciar as operações, é preciso fazer o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES).

Leia também: Me formei em medicina, e agora? Entenda os primeiros passos após a formatura

O que é uma clínica médica?

Ao contrário do consultório, a clínica médica pode exercer mais do que apenas ações de atendimento. Uma clínica é uma empresa de prestação de serviços, podendo sair inclusive de uma atuação diretamente relacionada à saúde, chegando a serviços estéticos, por exemplo.

A clínica, no geral, precisa ter uma estrutura bem diferenciada. Uma clínica de fisioterapia, por exemplo, precisa ter todo o espaço para a realização de exercícios, os equipamentos e a equipe de fisioterapeutas realizando o acompanhamento dos pacientes.

Uma clínica médica, por sua vez, pode ter a estrutura similar à de um consultório, mas geralmente com mais profissionais qualificados e equipamentos mais complexos. Esse tipo de estabelecimento costuma ter uma especialidade médica e, por consequência, estar equipada com o equipamento específico para essa atividade.

Uma clínica médica pode ter autorização para executar cirurgias de baixa complexidade, mas é preciso que ela esteja equipada com a estrutura de centro cirúrgico e UTI. Alguns exemplos desse tipo de cirurgia são:

  • Vasectomia;
  • Retirada de pedra na vesícula;
  • Cirurgia oftalmológica;
  • Procedimento estético simples;
  • Retirada de pintas, verrugas, etc.

Como dissemos, sem a devida estrutura, uma clínica não pode realizar esse tipo de procedimento cirúrgico, estando limitada a atuar como clínica de especialidade.

Para abrir uma clínica, além dos mesmos alvarás de autorização que mencionamos no consultório e do CNES, é preciso também ter um CNPJ. Além dos processos de registro de Pessoa Jurídica na área da Medicina, é preciso também:

  • Definir a área de atuação conforme estabelecido pela Agência Nacional de Saúde (ANS);
  • Obter alvará do Corpo de Bombeiros;
  • Registrar o estabelecimento no Cadastro Nacional de Atividades Econômicas (CNAE);
  • Fazer o cadastro da clínica no setor de limpeza urbana da sua cidade para agendar a coleta de resíduos hospitalares.

O que é um centro médico?

Um centro médico é um estabelecimento de saúde com estrutura e atribuições jurídicas similares à da clínica, mas normalmente com um porte maior e, por definição, com múltiplas especialidades.

O que separa os conceitos de clínica e centro médico é justamente a pluralidade de serviços. Um centro médico costuma oferecer atendimento em áreas diferentes da medicina que geralmente têm relação. Um centro médico costuma ser, portanto, um conjunto de clínicas.

Em termos jurídicos, um centro médico é similar à clínica. Precisa das mesmas autorizações, dos mesmos tipos de documento e carece de CNPJ, CNAE e CNES. A grande diferença está na estrutura e, por consequência, no tamanho da sua equipe. Com uma folha salarial maior, um centro médico pode precisar seguir questões diferentes de natureza jurídica e regime tributário.

Obtenha ajuda especializada para abrir sua clínica, consultório ou centro médico

O processo de abertura de uma empresa pode ser cheio de burocracias e atribuições diversas, com muita chance de erro e uma enorme demanda de tempo. Para estabelecimentos da área da saúde, são ainda mais etapas, cadastros e autorizações. Por isso, a melhor solução é a contratação de uma contabilidade especializada na área da medicina!

Então venha conhecer a E-contador Legal! Somos uma empresa de contabilidade digital que presta uma assessoria contábil de qualidade aos nossos clientes. Nosso foco é obter resultados positivos para o seu negócio e trazer eficácia no cumprimento de prazos, no nosso atendimento e na nossa segurança.

Entre em contato agora com um de nossos contadores e saiba mais sobre como podemos te ajudar nesse processo de abertura de consultório, clínica ou centro médico.

Gostou do artigo? Aproveite para conferir nossas redes sociais e nosso blog para mais conteúdos como este. Continue no próximo artigo: Contabilidade para médicos: Como se tornar PJ e reduzir taxas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *