CRM médico: principais dúvidas sobre o assunto

Quem se forma em medicina precisa seguir na realização de diversos passos burocráticos após a conclusão do curso. 

Entre eles a obtenção do registro do Conselho Regional de Medicina, ou CRM médico,  de cunho obrigatório. 

O CRM médico é obrigatório para a prática da medicina, ou seja, todos os médicos precisam, por lei, possuir esse registro para exercer a profissão na área da saúde.

Mas não se engane, o CRM médico vai além de ser apenas um número de registro. Ele é de uso  importante para diversos outros setores da medicina e sua relevância foge do campo profissional e se estende até aos pacientes. 

Tire suas dúvidas e entenda melhor sobre o CRM médico no decorrer deste artigo. 

O que é um CRM médico?

O CRM médico trata-se de um número de registro que o médico é obrigado a ter para exercer a prática da medicina, conforme determina a legislação.

O profissional precisará apresentar  de forma visível  o número de sua inscrição durante a atividade, assim como nos documentos e exames assinados.

A definição de CRM também se expande aos objetivos do Conselho Regional de Medicina, que tem como principal função a regulamentação da prática da medicina. Além disso, cabe a esse órgão pautar os interesses da população na área da saúde.

Como o CRM médico funciona?

Mas atenção, o médico só está apto a tirar seu CRM após concluir seu curso de medicina. Somente assim, ele  poderá atuar em hospitais, clínicas, postos de atendimento e até mesmo de forma autônoma. 

Para tanto, o CRM médico é um registro regional, ou seja, ele é válido apenas para o estado de atuação do médico. 

Portanto, caso ele se transfira para outro estado é necessário solicitar a transferência do registro. Caso haja o exercício simultâneo da atividade médica em dois estados, é possível emitir um número secundário. 

O que o CRM fiscaliza?

Esse conselho tem como função fiscalizar a atuação médica, de forma que isso leve à preservação da saúde e integridade do paciente e também à prevenção contra ilegalidades que podem ocorrer no exercício profissional.

A fiscalização também é feita de maneira que beneficie o médico. Uma vez que ela garante confiabilidade ao profissional, além de realizar vistorias em hospitais e clínicas para verificar as condições de trabalho, divulgar artigos científicos, entre outros benefícios.

Essas vantagens são importantes não só para os profissionais, como também para a população em geral. No entanto, caso o CRM nos procedimentos de fiscalização constate ilegalidades, desrespeito ao código de ética, ele pode aplicar penalidades, que variam de advertência até a cassação do registro profissional.

O CNES é obrigatório para todos os profissionais da Saúde?

Como tirar o CRM médico?

Visto que esse registro não é só importante como também obrigatório para o cumprimento das atividades médicas, você, que é recém-formado e precisa obter o seu, tem que aprender como realizar esse procedimento burocrático. 

Para você que, assim como nós da e-Contador Legal atua em Belo Horizonte, o próximo passo será entrar no site do CRM de Minas Gerais e baixar a ficha cadastral e os boletos de inscrição e anuidade. A pesquisa pelo conselho tem que ser de acordo com o estado em que você irá atuar. 

Documentos necessários

  • Diploma original mais uma cópia frente e verso ou declaração de colação de grau, se ainda não tiver acesso ao diploma;
  • Cópia de RG e CPF;
  • Cópia do título de eleitor e comprovante de quitação eleitoral;
  • Certificado militar, no caso dos homens;
  • Comprovante de residência em seu nome;
  • Ficha cadastral preenchida;
  • Comprovantes do pagamento das taxas.
  • Certidão de casamento;
  • Três fotos 3X4 recentes;

Como consultar o CRM médico?

Tal como podemos perceber no decorrer deste texto, a importância do CRM médico não é exclusiva dos médicos. Há benefícios para a população em geral. 

Caso você precise consultar este registro, é possível realizar esse procedimento pelo site do Conselho Federal de Medicina. Já dentro do site você precisará acessar o menu Serviços > Cidadãos > Busca por Médicos. 

A pesquisa te dará informações do médico como a situação atual, inscrições em outros estados, data da inscrição do registro, especialidades, endereço, telefone. 

Conte com o E-Contador legal

Não bastasse esse trâmite do CRM, o médico precisa ter atenção a todos processos burocráticos para exercer legalmente a profissão. Esses procedimentos podem gerar dúvidas e a contratação de uma contabilidade torna-se necessária para que esses questionamentos não se transformem em problemas. 

Nós da E-Contador Legal somos especialistas no atendimento às empresas e profissionais da área de saúde. Além disso, contamos também com a parceria da Associação Médica de Minas Gerais que oferece aos médicos desconto na contratação de nossos serviços no estado.

Entre em contato agora e tire suas dúvidas sobre todos os procedimentos burocráticos para poder atuar como profissional da saúde.

Gostou do artigo? Aproveite para conferir nossas redes sociais e visitar nosso blog para mais conteúdos como este. Clique aqui para acessar nossos artigos especializados no setor médico.

Leia também: Imposto de Renda para Médicos 2022: tudo que você precisa saber.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *